Autodeterminação dos povos e integração latino-americana por meio da valorização da cultura e da democratização da comunicação.

Share
→ Conheça o Soyloco
12 de agosto de 2010 — sorriso

Otra América es Posible!

marcha foro 065 230x153 Otra América es Posible!Dia 11 de agosto de 2010, está aberto o IV Fórum Social das Américas. A marcha de abertura contou com mais de dez mil pessoas que saíram do Centro Desportivo de Asuncíon e caminharam até o Cabildo, zona da sede do governo paraguaio onde houve uma grande confraternizanizaçao por conta da abertura do Fórum.

A marcha de abertura é um símbolo muito importante da diversidade que encontramos dentro do Fórum Social. Organizaçoes sindicais, feministas, etnicas, ambientalistas, nacionalistas, anti-capistalistas, de luta pela terra, pelo acesso a habitaçao, pela mobilidade dentre outros inúmeros movimentos sociais se juntam para numa só voz plantear um outro mundo possível. Um outro mundo que na verdade perpassa pela renovaçao dos valores nos quais nossas sociedades estao suplantadas, para um mundo que os valores humanos prevaleçam sobre os valores do capitalistas. O capital a servico do humano, nao o contrário.

Para encontrar consensos nessas lutas, obviamente que o diálogo e a construçao de caminhos comuns, ou melhor, o compartilhar de novos caminhos é fundamental para que apontemos nossas sociedades para um outro caminho possível. Mas a mesma diversidade que o constuí e o torna possível, é a mesma que torna a unificaçao em pautas específicas muito difícil. O fórum nao se predispoe a construir esse novo caminho, se nao ser o espaço de encontro onde esses caminhos serao construídos pelos próprios movimentos sociais que acreditam numa outra alternativa para nossas sociedades, um outro mundo possível.marcha foro 202 230x153 Otra América es Posible!

Talvez nao saibamos com exatidao o que seria esse outro mundo possível, mas temos certeza que nao concordamos com o caminho que as sociedades humanas estao seguindo agora. O nao concordar com esse caminho, e pensar numa alternativa possivel, é manter viva a esperança de que um dia o mundo poderá ser um lugar em que se compartilhe muito mais do que se acumule. Um mundo no qual a colaboraçao valha mais do que a competicao.

Durante a marcha, obviamente que coisas curiosas aconteceram. A impeciência acerca da populaçao paraguai automotorizada foi algo que me causou horror. Como dialogar com esse povo? Esta foi uma pergunta que ficou comigo. Talvez a resposta esteja em um só companheiro que se tivesse mil vozes, estaria com essas bradando por todo paraguai ou todo o mundo. Este companheiro caminhou solo pela marcha e em quase nenhum momento deixou de convidar a populaçao que assistia atônita a marcha: ¨Vamos irmao paraguaios. Esta acontecendo o Fórum Social Mundial no centro de esportes. Uma outra américa é possível. Vamos nos juntar a essa luta solidária¨. Percebi nele um ponto fundamental para nossas açoes políticas de luta por outro mundo possível. Como dialogar com todas essas pessoas que tiveram os valores mais egoístas incutado dentro delas e que nao conseguem perceber outra forma de viver? Essa é uma pergunta que obviamente nao tem uma resposta imediata e muito menos simples. Dialogar entre aqueles que tem consciência da importância desse tipo de açao política e traçar estratégias para um outro mundo possível se torna nesse momento fundamental.

marcha foro 248 230x153 Otra América es Posible!

Donde estás la Cholita?

marcha foro 249 230x153 Otra América es Posible!

Achou!!!!


Para acompanhar o Fórum:
http://fsainfo.rits.org.br

http://ciranda.net

Veja o álbum completo da marcha no meu Flick.

Marco Antônio Konopacki.
Colaborando para Ciranda internacional de notícias e
Coletivo Soylocoporti de integraçao latino-americana.

Tags da rede Soyloco