Autodeterminação dos povos e integração latino-americana por meio da valorização da cultura e da democratização da comunicação.

Share
→ Conheça o Soyloco

O Coletivo Soylocoporti tem como foco a promoção da autodeterminação dos povos e da integração latino-americana por meio da difusão e valorização da cultura popular e da democratização da comunicação.

Entendemos que cultura e comunicação andam juntas, na medida em que se faz necessário divulgar e documentar as distintas expressões culturais para possibilitar a manifestação da diversidade humana. Nesse sentido, ampliar o acesso aos meios de comunicação, assim como fortalecer os veículos independentes e potencializar o uso de novas tecnologias, é fundamental para garantir a soberania cultural dos povos e o exercício da cidadania.

O Soylocoporti é formado por ativistas distribuídos pelo Brasil e América Latina. Cada associado é tanto um promotor de ações locais como um colaborador na formulação e realização das nossas estratégias globais.

São objetivos do Soylocoporti:
• Lutar por uma sociedade justa, democrática e com igualdade de direitos, que pratique a paz e se integre à natureza;
• Defender a liberdade e democratização do conhecimento por meio dos princípios da colaboração e de tecnologias em software livre;
• Lutar pela pluralidade da comunicação e da cultura em contraposição às práticas de massificação e ao pensamento único, disputado valores e criando formas para difundir e potencializar princípios humanistas;
• Lutar pelo fortalecimento da esfera pública, buscando empoderar os indivíduos como atores sociais e promover a democracia participativa;
• Defender a soberania cultural latino-americana;
• Promover a transparência e controle público.

São ações do Soylocoporti:
• Formular, avaliar e acompanhar as políticas públicas relativas à cultura e comunicação;
• Fortalecer a rede de comunicação do Soylocoporti e de entidades parceiras, fomentando o uso de veículos de comunicação alternativos e das tecnologias livres para a expressão cultural;
• Promover ações que dialoguem com outros setores da sociedade, pautando a discussão sobre a democratização da cultura e da comunicação, extravasando os espaços específicos dessas áreas;
• Articular politicamente com outras entidades e movimentos sociais as pautas da cultura, participando de redes e fóruns;
• Produzir materiais informativos e artísticos em formato audiovisual e escrito, exercendo assim o princípio da livre expressão e reafirmando a capacidade da sociedade civil passar de espectadora a protagonista da sua própria cultura.

Nosso site foi orgulhosamente construído utilizando o WordPress.

Creative Commons